domingo, 9 de novembro de 2008

Bebo o teu gozo...


O cheiro dele me entesa
- Louca me toco enfurecida
suspiro o suspiro mais longo...
Me vejo sem freio...
Tateio os seios
e espalho a saliva
Arqueio as ancas
e me movimento...
- Roço louca o travesseiro
ergo os quadris em meneios...
Rompo em devaneios
estalo as ancas
e vergas me serpenteiam...
Vermelhidão em linhas...
Do meu sexo, as águas...
O escorrer do frêmito desejo
Minha boca resseca
e do gozo eu bebo...
Como se fosse o teu...

2 comentários:

Ricky Bar disse...

beba a vontade... sonho com a foto abaixo, vc se despindo

Ricky Bar disse...

beba a vontade... sonho com a foto abaixo, vc se despindo