domingo, 7 de dezembro de 2008

Me venhas...


Toma-me e prova-me
do doce e do sal
Traga-me em sabores
resfolegue e suspire
Respire bem profundo
bem no fundo do lago
onde os peixes de jade
saciam a fome...
Me invada com a língua
como os cavalos da Grécia,
O sumo e a seiva
da sede inata... o alimento
Antes que o escarlate
da adaga me chegue em tormentas
como se eu fosse a única Madalena...

3 comentários:

Xana disse...

Lindo realmente e muito sexy!

mariel disse...

Quente...!! :)

É muito quente, sensual, urgido e urgente... Fogoso.
É a essencia da paixao

Sua poesia é forte... muito gostosa...!!!

Beijinhos e parabéins...
Mariel

suavesencantos disse...

Gostoso,excitante texto,


bjos.