sexta-feira, 5 de dezembro de 2008

Sentindo você...


Brinco nos dedos
feito menina
vadia
de sina
de lida
de esquina...
Toda cristalina de gozo
saliva
toró híbrido
chuva fina...
Na lembrança de você
do teu gosto
do teu dorso
do teu corpo nu...
Fetiche puto e vadio
feiticeiro
bruxo
alquimista
mago
O desenfrear da minha saudade
sem limites
sem pudores
sem vergonha
peçonha
erva-daninha
droga alucinógena
Você...
Minha fúria
meu tesão
coração na mão
rasgado e transfixado
no sangue derramado...

4 comentários:

Three Love´s disse...

hui! que bom que cheguei aqui por esses tortuosos caminhos!
Lindíssimo seu blog, amei esse poema!

b.e.i.j.o.s.

On The Rocks disse...

do caralho!

menina, gostei daqui.

um beijo

www.lavergadelbuenas.blogspot.com

Miucha disse...

Boa a sua poesia e a foto,bj

Blue disse...

Como você consegue aliar poesi e fotos..... Nossa! Parabéns. Escrevo agora assim:

Brincando com os dedos,
acabo chegando aos céus!

Beijossss