quarta-feira, 17 de dezembro de 2008

TREMORES...


Sentiu no corpo uma certa eletricidade. Um tremor entre as coxas. Um suspiro. Deslizou as mãos nos mamilos e reparou no seu piercing, uma pedrinha suada. Tocou de leve nos bicos e percebeu que os aflorados estavam túrgidos com o balançar daquele ornato. Acaricio-os de um modo que o gozo veio em penetrantes gretas de uma seiva viscosa. Parecia um gostoso cunilíngua... sensação deliciosa.

8 comentários:

o casalqseama* disse...

cada sabor, uma entrega indefinível!



bjs nossos =D

Monday disse...

jamais despreze os poderes do tato que de leve passa e toca em sinfonia a melodia do prazer ...

[ rod ] disse...

Esse túrgido que tanto excitei... acalenta a boca com sede de amar.

Bjs moça...





Novo Dogma:
crEnça...


dogMas...
dos atos, fatos e mitos...

http://do-gmas.blogspot.com/

iara disse...

e sozinha a gente se derrama, sonha lembra, mãos e dedos...
lindo texto.
monday e troll que me deram a dica desse canto. vou agradecê-los!
bjs

conversaatrevida disse...

"Tocou de leve nos bicos e percebeu que os aflorados estavam túrgidos com o balançar daquele ornato..."

que coisa MAIS poeticamente linda....

excitantemente lindo!

bjo

Ricky Bar disse...

Quero você mulher
Tocando minha alma
Entrando pela minha tela
Invadindo meus sonhos
Possuindo-me inteiro
Mente e corpo
Realizando todos os desejos
Levando-me ao puro êxtase
Da conjunção carnal
Do prazer total
Quero sentir teus braços
Envolvidos em meus abraços,
Teus lábios molhados
Calados rompendo de mim o silêncio
Nada dizendo
Apenas os olhos sangrando
E de mim gemidos arrancando
Olhando a invasão do meu membro
E louca sobre ele gritando
Como o mar na praia avançando
E quando a lágrima escorrer
Será o nosso gozo chegando!

---------
Minha língua safada te penetra
Prazeroso o teu sabor na boca
Pelas costas te invade, me embebeda
Puxando teus cabelos pela nuca

No teu rasgo profundo me enterrando
Eriçando essa tua estrela magnífica
Que brilha com meus beijos endurecendo
Arrancando teus gemidos e súplicas

Estremece teu corpo se entregando
A nossa aventura muito louca
Na língua o teu gozo vem chegando
Gostoso esse gosto em minha boca

-----------
Entre as pernas me prende
Serpenteia, nessa luta imantada
Em fortes golpes, instintivos
Com você em obscena cavalgada
Bebe o meu prazer me leva ao céu
E comigo no teu cálice encantado
Levanta vitoriosa, de novo teu troféu

---------
Aqui, enrijeceu
Duro assim, é teu
Extasiado em prazer
Quando o meu corpo
Muda pensando no teu.
Me tem, aqui completo
Magia de te sentir minha
Como a correnteza
Nos mares, descubro todos
Os teus caminhos
Aqui me tem
Com gotas de prazer
Que escorrem feito lágrimas
Mas não são os olhos que choram
É ele por você implorando

------------
Quero beijar sua boca

Beijo tua boca
Com volúpia, com tesão
Meto em você
Com forca e paixão
Abraço com braços suados
Sentindo tua respiração
Teu corpo arrepiado
É pura devassidão

----------------
Sôfrego desejo
toques
carícias
sussurros
gemidos e gritos
exala aromas
boca prova o sabores
beijos molhados
selados os corpos
desejos da carne
viver
momentos de paixão e prazer!
união de almas
entregues aos desejos
viver
momentos de amor e emoção
de pura exaltação

-----------
Louco por tuas fotos...
Louco pra te encontrar...
Louco pra te desnudar...
Louco pelo teu corpo...
Louco pra te seduzir
e ser seduzido
Me rasgo nessa vontade
de tuas curvas... louco!
Louco por você,
Perco os sentidos.
Louco por teus gemidos
nos meus ouvidos.
Louco pelas fantasias
da tua imagem nua,
da tua carne crua!

Dando a Bunda pra Bater disse...

Ótimo quando é assim, não? A vida toma sentido nessas horas...

Beijos,

Enfil

intimidades disse...

uma festa de prazeres

Jokas

Paula