quinta-feira, 29 de janeiro de 2009

Coma-me!


Morda-me e sinta a polpa...
Tem gosto, sabor e textura
numa pele tão clara e ebúrnea
Esse pomo do pecado e da discórdia
onde os dentes enfileirados tremem
nessa carne nua e crua... exposta
Apeteça teus anseios... devaneios...
Lava-me na tua língua o degustar dessa fruta
Verde, vermelha, úmida e fresca
pagãs de Vênus, Evas e tantas outras...

10 comentários:

traços de um homem disse...

Deliciosa imagem e texto.
beijos

Dando a Bunda pra Bater disse...

Agora entendo o porquê do meu gosto por maçã...

Beijos,

Enfil

Madame disse...

Suculenta não?

adoro maçã!

Beijinhos molhadosda Madame...

Palavras de Osho disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Palavras de Osho disse...

Adoro seguir este blog. Ele é a prova definitiva que vida = tesão.
Sobre aquela questão de esvaziarmos nossas mentes, concordo com você que não é fácil. Mas é por isso que Osho nos deixou suas técnicas de meditações ativas. Dê uma olhada em http://www.osho.com/Main.cfm?Area=Meditation&Language=Portuguese

Bjs!
Vida, amor e riso!

Paulo Tamburro disse...

É porisso que adoro comer maçã!

Paulo Tamburro disse...

Eu só escrevi isto aí em cima, para ganhar tempo e pensar, se alguma vez eu já as chupei!Sei não.Balinha sim e pera que é bem aguadinha, é mais fácil.Também nunca tinha reparado naquele cabinho.Será? Acho que tenho ido com muita sede ao pote e com isso perdendo detalhes preciosos da...Maçã!Que confusão!!!

Eduardo Marculino disse...

Parabéns pelo Blog....muito bom
estarei sempre voltando
um abraço e muita felicidade

seximaginarium disse...

Dilicia de poesia e de maçã. Uma dupla perfeita. Come-la enquanto leio...
beijosssss

Monday disse...

Ma sã? adoraria comer ... rsss