sábado, 3 de janeiro de 2009

Crudelíssimo...


E na carne o fogo
arde em labaredas
postas infames
na fêmea que se contorce
indócil e trépida.
Intrínseca luta
de alma e instinto
A criatura em gemidos
estapafúrdios
na leveza dos ares
e altares sidérios
Numa alcova
num bordel
ou nas mãos...
Quem sabe
o pivô da devassa
Psiquê?

6 comentários:

Dando a Bunda pra Bater disse...

Num bordel. Bem melhor.

Beijos e bom 2009!

Enfil

Bosse H disse...

Adorei!

Monday disse...

com um corpo desse, eu faço o inferno parecer chama de vela ...

Cesar Oliveira disse...

devassa sim, onde nem importa

Miguel Barroso disse...

Suado, erotico, magistral.


Abraços d´ASSIMETRIA DO PERFEITO

suavesencantos disse...

intenso,muito bom,
belíssima foto,

bjs.