segunda-feira, 19 de janeiro de 2009

Vício


Sou o vinho que se mistura a
Embriaguez da santa escória
Por entre mártires e peregrinos...
Em procissões, depuro línguas
Onde me faço pura e casta
Alimentando o corpo, a alma e o espírito
Uma carne nua e exposta...

9 comentários:

Bosse H disse...

Lindo !

o casalqseama* disse...

hmmmmmm
dá vontade de provar!




bj gostoso!

DESIRE disse...

Hummmmmmm que delícia!
Tem selinho no meu blog para você.
Aiiii esta maldita verificação de palavras para poder comentar! Não dava para tirar? Please
Beijos prometidos

Monday disse...

quantos beijos e carícias para poder deste vinho provar? talvez em procissões de bocas, em toques de dedos peregrinos, em goles do teu cálice de prazer ...

°° Desequilibrada °° disse...

Ow! é confortante saber q não fui a unica a sofrer pela perda de um bichinho querido...
Obrigada demais pela força viu?!
=/
Suas palavras sempre lindas!!
um bjão

Anônimo disse...

sempre gostosa!

Cris Rubi disse...

Nossa, isso que é texto!!
Obrigada pelos seus comentarios.
bjinhus

Paulo Tamburro disse...

Essa carne, para mim pode ser ao ponto.Por favor!

Chiko Kuneski disse...

Voce encontrou um jeito lindo e sutil de descrever uma prostituta. Perfeito