quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Mania de você...


Quero ser o teu santuário
O teu altar de rezas e mantras.
O templo das tuas taras mundanas...
a tua sanha... a tua farra...
na paixão desmedida e insana.
Quero ser os teus anseios profundos
na tua ardência; a mais puta.
Quero ser o teu desejo
sem pejo... safado...
o mais endiabrado!
O teu desequilíbrio,
o desalinho... o desvio...
o teu pecado mais atrevido
a tua tara desenfreada...
a tua libido esfaimada.
O teu orvalho e sereno
das entranhas escorregadias
que te envolvem; dia após dia...

7 comentários:

Léo disse...

Excitante em cada palavra... Simplesmente uma delicia!

Um beijo mordido.

Madame disse...

O que mais me impressiona é a intensidade dos textos...

Sensualidade que transborda!

Mordidas da Madame!

{Nanda}_A disse...

Sensualidade latente...
lindo teu espaço...
adorei e virei fã..

bjs

Dando a Bunda pra Bater disse...

Mmmmm...hoje é sexta-feira!!!! Ah, amei a foto do post anterior.

Beijos,

Enfil

Mário Margaride disse...

Um poema sensual. Onde cada palavra, nos exalta os sentidos, e faz que o sangue ferva, nas nossas veias...

Beijinhos e um excelente fim de semana!

Mário

Volúpia disse...

Lindo poema..e você sempre referindo-se ao divino..

... o sexo realmente nos eleva.

Beijos!

Paulo Tamburro disse...

Nada a acrescentar.

E se mais não digo, é para não estragar tudo que foi colocado e só sairá da mimha cabeça , após a missa de domingo(rs).

Mas, não tem importância, voltará tudo na segunda-feira!!!