domingo, 22 de março de 2009

Distante de você...


Me amarias em silêncio
em calmaria do meu corpo
como um lago sereno?
Me beijaria de leve a boca
num sussurro apenas langoroso?
Deixaría-me com o ventre liso
despido de teus dedos afoitos?
Vertente louca que me consome
entranha teus odores todos de longe
Um navio deslizando sobre mares
Vejo-te de longe acenando-me...
Voltarias um dia para completares
tua obra em minha carne úmida?
O teu suor cristalino em pingares
sobre o meu corpo trépido deleite
Um grito obsceno e um estrondo
de todos os bichos ardentes
Um cio disposto e caliente
vociferando todo o derrame...
Parindo teu corpo sobre o meu
pingando e exalando crias
que de nossos corpos somos
uma semente de calmaria...
após o alvoroço extremo
Um cansaço no peito...
um descanso gostoso
uma volta... talvez...

Vício & Dor

11 comentários:

Anônimo disse...

triste e cada vez mais linda.

Erica Maria disse...

Melancolia e sensualidade na dose exata!

Lindo!

Bjo!

A.S. disse...

Talvez...Talvez!
Quem poderá resistir à tua sensualidade?
Quanto maior for a ausência, mais intenso será o momento do reencontro!


Beijos...

T disse...

Forte como se quer o desejo, como se tem a saudade, como se sonha o amor!

Lindo!

beijos

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Na Pele.

A distância só aumenta o desejo desse reencontro.

Lindo! :-)

ÓTIMA SEMANA PARA VOCÊ!!!

♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥


http://brincandocomarte.blogspot.com/

___________________________________

Joyce disse...

as vzs me pego aceitando a distancia pra justamente no final quando houver a presenca ser totalmente perfeita a entrega.

bjos

Seline disse...

Lindo! Sentimento, sensualidade e saudade... docemente revelados pela poesia com que escreves... não na pele, mas na alma.
Beijo

Volúpia disse...

Poema de eroticidade e romantismo.. parece amor que distante nãos e larga.

Beijos.

Desejos Aliciantes disse...

alegre e triste
o amor assim como ele é
lindo poema
Boa noite pra vc
Boa semana!

Carla Fabiane disse...

Boa Tarde, Amiga.
Poetisa, ...

"Se procurar bem você acaba encontrando.
Não a explicação (duvidosa) da vida,
Mas a poesia (inexplicável) da vida."

(Carlos Drummond de Andrade)

Lucinha disse...

Boa noite meu anjo.. vim deixar meu carinho a vc e ver as novidades..uauuuuuu lindo demais seu post.

Você não está sozinho.

Os seus anjos de guarda, os bons espíritos, sob as ordens de Deus, dão-lhe ininterruptas idéias de progresso, paz e felicidade.

São bênçãos em cascata.
Quando uma idéia lhe vêm a cabeça, analise se é para o bem ou para o mal. Se for para o mal, ponha-se uma idéia do bem sobre ela e a suplante.

Você tem livre arbítrio.
A escolha é sua e as consequências também, mas não se esqueça de que o bem produz alegrias e o mal, tristezas.

Aproveitar as boas idéias é agradecer aos anjos de guarda.

Lourival Lopes
beijinhosssss