quinta-feira, 26 de março de 2009

Aliciantes...


Beba-os em goles
bebericos e tragos
Encha-os de afagos
no chicote da língua
Sorva-os em cima
pelos bicos torrentes...


São pássaros aprendizes
soltos em chuvas
tentando um voo
em bocas e luvas...


Tem gosto e textura
cheirando à terra nua
em Gaia tentada
à bebericá-los e a mordê-los...

Sinta-os em volta como pomos
gosto de frutas escorrem o caldo
são presas e bichos indômitos
São flechas esquentando nortes...

Nas coxas o escorrer se perverte
pois são o esfrega e o rastro inocente
Bichos mansinhos dão-se no ninho
gozam em molhares desejos e arrepios...

Absinto

6 comentários:

Olavo disse...

Humm delicia de foto..texto idem..
ai ai que falar???rs
Beijão

Anônimo disse...

você é um pecado delicioso sabia?

Blue disse...

"...Dos teus seios sempre gostei, mesmo quando apenas de longe os via. Mas o dia que eu pude me saciar com eles, foi simplesmente um caso de incondicional amor...." Beijos

Paulo Tamburro disse...

Que sede !!!

Isto sim, é que desce redondo!

Beleza.

Paulo Tamburro disse...

Você sabe que eu mamei até os 3 anos?

Verdade.

Conheço bem isto!!!

A.S. disse...

Prazer, desejo, loucura, tesão... molhando todos os caminhos!
Lençõis de seda em chamas!...


Beijos...