sexta-feira, 27 de março de 2009

Mundano


Tu que me fazes amante

e cobres o meu corpo

com teus mantos

Trazes tantos vícios de outros

e faz-me em sacrifício deitado...

Tu que me consomes em deságues

faz-me vadia e mais puta

à tantas orgias e lanhos...

Trazes em ti o unguento

por baixo de rezas e panos

Santo, profano e mundano

traz-me o leite e o sal

desse corpo abismal

e me entrego sem queixumes

Rezo na sua cartilha

mesmo com o odor de outros vadias

pois sabes que do meu é fé

um corpo ateu que te quer...


Profana

16 comentários:

Bernardo Lupi disse...

Como tantas mulheres gostam que as façamos putas...Adoro!

Erica Maria disse...

Menina...que poema gostoso de ler e de sentir...

Bjo no coração!

Tio Rogs disse...

Isso é que é mulher!
beijos, querida!

A.S. disse...

Ah!... assim me deixas sedento no meio do deserto!
Escorre a saliva... como seiva expectante...


Beijos...

Momentos disse...

Sentido e delicioso ;)
bjo

Blue disse...

A foto diz tudo. Tudo é belo, quando se faz com amor! Beijos

Lucinha disse...

uauuuuuu assim num saio do banho gelado... afff. parabéns... to meio assim owwwwwwww.. tonta.. a imagem diz tudo é maravilhoso.. beijinhosssss

Giselle Sato disse...

Gosto demais de ler seus poemas... Chegam lá no fundo e trazem sempre grandes inspirações...Haja criatividade. Poetisa, um excelente dia pra vc e os seus.

Escrevendo na Pele disse...

Linda, Gis, você também está cada dia melhor com os textos! Lá e aqui, você sempre arrebenta! E a vitrine dos livros está crescendo, sorte pra você, linda! Bjs.

Sacerdotisa disse...

"Rezo na sua cartilha/ mesmo com o odor de outros vadias/ pois sabes que do meu é fé/ um corpo ateu que te quer..."

Delicioso... simplesmente... Não é simplesmente um poema... é quase uma promessa...

Bjo...

Seline disse...

Sublime a tua poesia... perco-me e encontro-me em cada verso.
Beijo

Anônimo disse...

puta que pariu!

Anônimo disse...

a sua boca é deliciosa.

almaquio disse...

Cada visito que faço em você, por meio de seus textos, surpreende-me os labirintos de encatamentos e uma imagética de tirar o fôlego. Ufa! Beijos.

o¤° SORRISO °¤o disse...

Oi Na Pele.

Quanta inspiração!!!!
Mais um lindíssimo poema que dá prazer em ler e sentir. :-)

******

HORA DA TERRA, contra o aquecimento global.

Neste sábado, dia 28/03 às 20:30h
apague a luz da sala da sua casa
por sessenta minutos.

Participe e Divulgue.



♥.·:*¨¨*:·.♥ Beijos mil! :-) ♥.·:*¨¨*:·.♥


http://brincandocomarte.blogspot.com/

__________________________________

O Poeta da Noite disse...

Tudo? Quanto? ;)