domingo, 26 de abril de 2009

Com ele, é sempre mais gostoso...


E ele me obedeceu como um bom vassalo, escravo e escriba. Não jogou porra no ralo. Pelo contrário. Me deu tudo gostoso, melado, babado e escorrendo. Ele tem esse dom. O dom da malícia, do jogo da peia, do torto raivoso que não titubeia. Afunda no fundo, na beira do corte não faz fricote... esfrega, passa a cabeça, finge que vai mas volta... me deixa acesa. Depois implode a pedreira, destrói com TNT e me dá canseira. Fico mole, lânguida, desfaleço... mas ele, é por demais ressonante. E volta com tudo e mais adiante, me toma, me doma, penetra o grosso, o talo com gosto, o ferro na brasa, o duro atrevido... me fode com raça. Me vira do avesso, feito camiseta passada... me lambe,me sorve, me toma aos goles e ainda faz: GLUB, GLUB... caraca! Fico tensa e endoideço. Peço mais sobremesa, quero comida na mesa... ele, o meu prato principal. O tal que nunca mata a minha fome nem minha sede. Tem um gostinho de quero mais... muito mais... ele que me faz em delírios e desatinos. Me deixa vadia fazendo folia por sobre, sob, no cume, no cimo, no ápice, no pico mais alto da colina... eu danço o frevo, sambo, rebolo, faço amiúde... aparo no corte, me lambuzo, me escorro. Mas não termino, peço mais. Porque ele é o meu lance. A minha noite e o meu dia. Sem intervalo, lacuna, vão... o gozo mais gostoso que desatina... o escorrer delicioso que me vicia.

Murmúrio

5 comentários:

Ernani Netto disse...

É sempre mais gostoso com quem gostamos e já temos química!

Bjaum

Teu Poeta Vagabundo disse...

Minha mulher especial, minha deusa, meu caso e minha manha. Minha musa, meu tesão, minha anja e meu vulcão. Meu corpo no teu é música e canção, e esse dom que nos tira do chão... esse tesão louco que nos afoga, essa comunhão que só a gente sente é coisa de prece e de presa. É bicho no cio e comida na mesa... é tempero, é alimento é como poesia e prosa. É dedilho, solfejo e esbónia que da gente brota a toda hora e a todo momento... minha linda e meu tesão.

Teu Poeta Vagabundo disse...

* cheguei bem e já estou morrendo de saudade ... *

Blue disse...

Como O Ernani disse, e é verdade, se gostamos e fizemos tudo com amor, com química...... ah, é tudo muito melhor ainda!
Beijos

Doce Desejo... disse...

Maravilhoso quando temos alguém que nos deixa assim... hummmm... vício delicioso!

Beijossss