quinta-feira, 23 de abril de 2009

É um lance tão nosso...


Vem e me chama na trama
que eu te dou a mais quente
a fenda lisa e a mais ardente
- a lua rainha de São jorge -
na claridade de Selene nua
a que menstrua sobre o teu leite
Vem e me faz a festa e o rasta pé
de cores, santos, anjos e tambores
me chama pra dança e pro teu amasso
me faz a reza e a benzedura
- tua dura essa seiva que me alimenta -
Te mostro a mais devassa
a da folia e a da quizumba
a mais vadia e a mais puta
aquela que tece teu corpo e tua pele
e te esquenta nas noites mais frias...
- teu corpo nu ao relento largado no meu -
esse ateu e réu confesso pelo teu que dou fé...

Profana

8 comentários:

Blue disse...

É um lance tão nosso/
Mas que damos palavras/
E na devassa das letras/
Encontramos algo mais quente!

Beijosssssss

Mário Margaride disse...

Mas que lance!...

Mais ardente poema, onde o amor e a paixão, estão à flor da pele...

Beijinhos em duplicado, meu e da Rosana.

Bons sonhos...

Mário

Ernani Netto disse...

Quente, sensual e estimulante!

Fica difícil ler isso e não imaginar-me na cena!

Bjaum

Avassaladora disse...

Menina, falta fôlego!
Isso é como lava de vulcão...
Incandescente...rs


Beijos e carinhos!

Helô Müller disse...

Uau !! Poesia caliente sempre dá um calorzinho nas "paRtes" !! rss
Bom dia !!

meus instantes e momentos disse...

muito bom , gosto de te ler. Me inspira.
Maurizio

Olavo disse...

Uau!!Uau!!
bom final de semana
bjs

Anônimo disse...

hum...derramei gotas de tesão nesse seu texto deliciosoo!

bjsssssss

Ti