sábado, 4 de abril de 2009

Que Sábado!


Estou estudando e me aperfeiçoando para entrar numa empresa famosa aqui do Rio. Sou esforçada ao extremo, curiosa e teimosa. Não sei se isso é um defeito ou uma virtude, mas o fato é que quando determino e crio metas, ninguém pode comigo. E o que eu fiz então? Fui ao shopping comprar uns três terninhos lindos de morrer! Sim! Pois tenho que me apresentar bem, né? E lá fui eu toda serelepe para o Downtown aqui na Barra que eu gosto muito e parece que estou na sala de casa. Entrei na dita cuja e quem me recebeu foi um vendedor lindo, gato, atencioso, educado coisas e tals. Meu Deus, suei. Escolhi com a ajuda dele (aquela pra lá de deliciosa!). O meu número é 38, mas nos últimos meses, senti a barriguinha, as coxas e o bumbum ficarem redondinhos. Dei uma engordadinha de leve. Fui até o vestiário experimentar os terninhos. Um pêssego, um azul clarinho e um roxinho, cada um mais lindo que o outro. Com um pouquinho de esforço tentei entrar em cada um deles. Pois é, entrou marcando a bunda que ficou mais redonda. Olhei para o espelho, ajeitei, olhei novamente... não podia sair assim, né? Estava muuuuitooo certinho no corpo e logicamente dificultaria os meus movimentos, certo? Errado! Pois é, errado! Foi assim mesmo que o Gabriel (nome de anjo) me interviu quando pedi um número maior. Cá pra nós né? Ele é vendedor e vive de comissões, tinha de elogiar naturalmente, mas foi um elogio que eu fiquei sinceramente sem ar, corada, vermelha, escarlate e encarnada! Ora, ora, ora, o rapaz muito generoso, educado, gentil e cavalheiro dirigiu-se à mim assim: - Esse terno está perfeito em você, gata. Onde está marcando? Tá tão certinho... (putz!). Me olhando por trás e encarando a minha bunda! Daí respondi: - Está marcando sim querido e isso me dificultará nos movimentos, ao qual aquele deus grego respondeu: - Bem, se você quer mesmo um número maior eu vejo pra você. Digo mesmo em alto e bom som para quem quiser ouvir: Pô, o meu cabelo deslizou e caiu do meu coque junto com o palitinho japonês. O meu pé torceu no salto alto da minha sandália, o meu peito arfou de modo que a blusinha social de seda estufou os meninos duros á essa altura! Putz! E daí me volta o Gabriel com o número 40, com um sorriso mais lindo desse mundo me entregando os terninhos. - Brigadinha lindo - respondi atrapalhada. Vesti-os e vi que realmente tanto quanto os outros, me caíram bem, logicamente menos apertados. Me caíram bem sim. Olhei para o espelho e tentei dar um jeitinho no cabelo desgrenhado, ajeitei-os no alto da cabeça, dei uma volta e recoloquei o meu palitinho que devia estar recitando na-myo-ro-guen-guio. Ajeitei a calça jeans, namorei o espelho por alguns minutos e passei o gloss de morango nos lábios. Saí para efetuar o pagamento e me vem ele - Oi gata, vou deixar o meu cartão com você se precisar trocar... atrás escreveu algo... era o número do telefone dele! Minha pressão baixou. Ele olhou bem pra mim e disse baixinho: - Você é muito linda, sabia? me ligue nesse número que eu saio às dez daqui. Pqp!! Hahahaha eu não sabia o que responder. Fiquei meio que muda feito uma planta no vaso, olhei pra ele totalmente sem jeito e respondi: - Tudo bem, se der eu ligo, tá? Pô! Que que isso?! O cara devia ter uns vinte e cinco anos e eu uma balzaquiana de uns trinta e tals! E ainda por cima tocava The Pussycat Dolls! Cara, fala sério! Saí da loja no salto, rebolando a bunda redonda, de coque e com os olhos puxados. Sim os meus olhos são dissimulados demais! Olhei de volta pra ele e ganhei uma piscadinha e os olhares dos amigos.

PS: Agora estou em casa de short, camiseta e cabelos soltos, os olhos estão mais enviesados do que nunca... rindo aqui... vou estudar.

15 comentários:

HLeoRj disse...

Humm . qual a materia de estudo ?

T disse...

UAI!!!:P


E não vais ligar? Uma saídinha? :)

Quero saber tudo!! ahahah
E isso da diferença de idades...ainda dá mais tesão! :)

Pedro Antônio disse...

Vá em frente!

Vai dar tudo certo!

Abração!

Pedro Antônio - A TORRE MÁGICA - www.atorremagica.blogspot.com

Anônimo disse...

Pode vestir o terninho? quero ver a bundinha redonda!

L. disse...

E ligou?

deleyga disse...

Eu sempre quis um vendedor assim! hehehehe

E boa sorte no novo cargo, moça.

beijos e ótima semana!

;*

Tamires . disse...

Ah, esses cotidianos nossos, flor... Mas, como reza a lenda... Faça o que o coração mandar, né?

E ainda tem os terninhos de recompensa, rs!
Saudades daqui.

Beijão!
Ps: E... vai ter continuação?

DESIRE disse...

Espero continuação...
Bom domingo!
Beijos prometidos

ลndreia disse...

Que estudo?! *

Blue disse...

Putz! Que belo sábado, da compradora e do vendedor. Charme da compradora, charme do vendedor e charme da escritora ao escrever tão belo texto. Parabéns. Bjs

Nina Rosa disse...

Hummmm
O texto é bastante envolvente!
Parabéns!

José Ramón disse...

Como sempre as fotos que eu amo sensual Saudações

Giselle Sato disse...

conto mais que delicioso e empolgante. Muito bom!!!!

Tio Rogs disse...

Cariocas...
Adoro esse povo.
rsrsrs
Beijos na pele

Kleiton - Simplesmente Ser disse...

Delicia de relato, mesmo sem saber como é fiquei imaginando a cena.

Ele deve ter amado também.

bjos