quarta-feira, 17 de junho de 2009

Orgasmo da Noite


Fiquei na languidez da noite
em que a boca sugava-me toda
o triângulo espesso de Vênus
uma libra de balança e esfrega
enciumando a lua debruçada na janela
mexendo no liso do corte minguante
onde os meus dedos faziam ciranda
em desespero de estrelas cadentes

Fechei os olhos ...

Derramei na pele nua ...

8 comentários:

Paulo Tamburro disse...

Pode derramar onde você bem entender.

Que maravilha.Não sei se o texto, não sei se a foto.

Os dois.Pronto!!!

Nely disse...

Imagem linda.
Se derrame amiga, os prazeres das noites solitárias são insanos e pessoais.
Em qualquer quarto, crescente, minguante ou apenas no nosso...
Beijo.

Prince Cristal disse...

Comsempre muito sensual e provocante.... Não sente falta do Prince?

T@CITO/XANADU disse...

Não adianta a inquietação
a fuga
achar que acabou o mundo
a mesma face escura que esconde
a lua
será a que virá clara para
a rua...
Bela tatuagem,isto é,
escrita na pele.
Tácito.

PS - Também andei escrevendo na pele em xanadu/poesias, será um prazer tê-la por lá.

Paulo disse...

Fecha sempre os olhos....

Helô Müller disse...

Ohh, que "magavilha" de fechada de olhos !! Benza Deus ... rs
Beijos !!
Helô

Xana disse...

Amei a foto e o texto como sempre maravilhoso!!!rs

Giselle Sato disse...

Divino. Adorei. Bjs e saudades