sábado, 20 de junho de 2009

Quando amo, fico molhada ...


Quando amo, fico molhada
na umidade mais terna
umas águas de encanto
que me descem
e contornam todo o meu corpo
quando amo, fico salgada
desses mares de Netuno
eles me chegam e me seduzem ...
fico melada quando as águas
me tateam na minha profundidade
e no âmago do meu sentimento
fico assim, bem molhada
quando amo deslizando...

Derramando na pele nua ...
.
.
.

Posted by Mumúrio

10 comentários:

RivaEscrita disse...

Então, vem e preenche meu leito seco, da falta de amores e gozos...

LEO disse...

Minha delicia!
quando vc ama...vc escreve com mais tesao!
Beijoss do LEO

pontorouge disse...

Lindo demais!!!
e repleto de uma sensualidade extremamente feminina.
Parabéns!!!

beijo rouge

Dani

gisellesato disse...

Minha querida poeta...Lindo, delicioso e verdadeiro comom sempre! Bjs

T I N I N disse...

QUE LINDOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOOO!

°° Desequilibrada °° disse...

aaaauve maria!!!!

Ô delicia!!!

Saudade desses textos molhados!!

=D

bju amigaaaaaaaaaaaa

Giane disse...

E quando leio teus versos fico imaginando mil universos...

Beijos mil!!!

Kleiton - Simplesmente Ser disse...

Homem fica molhado? eu to rs. bjos

Layara disse...

Perfeitas sílabas encadeadas e molhadas de desejos.

Parabéns!


Um beijo Lilás!

Olavo disse...

Espero que esteja amando sempre..

Ps.:não recebi email não linda.

Beijos