domingo, 2 de agosto de 2009

Na carne ...


... Na garganta, o visgo prende o grito .

Posted By Absinto.

5 comentários:

Blue disse...

Molhe a gargante.......... e grite...
Estaremos te ouvindo....
Beijos

Ladraodecoração disse...

AQUILO QUE DESCE PELA GARGANTA
TEM UM SABOR DE MEL..
O SABOR DO AMOR

LADRAO

silvioafonso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
silvioafonso disse...

.

Eu não ouço o que diz o teu brado. Não escuto o rufar do teu coração. O suor do teu corpo é a salmoura que protege o meu, que tempera as tuas exigências e dá gosto ao orgasmo que eu te dei.

silvioafonso.





.

pastel schaefer disse...

preciso falar contigo...