quarta-feira, 3 de fevereiro de 2010

Bem Safada...


... E tudo me pulsa, e tudo me lambe, e tudo me come...


Dou-me em andores
pros santos e pecadores
reféns da minha lua
onde orvalhos se esticam
por cima da minha pele
em caminhos de lesmas
de gozos e serpentes
de pedras e espumas
Nos dentes que me cravam
o crivo e o cravo
de terem-me e saborearem-me...

Banquete explícito
de carne, ancas e líquidos
de beijos e marés
ciclones e tormentas
címbalos e Gregórios
nas línguas dos poetas
na sua, na dele e na de quem vier...

Escorregando na pele nua...


Posted By Absinto.