terça-feira, 2 de agosto de 2011

É bom deslizar assim...


é bom deslizar assim:
"pra dentro do teu corpo"
fenda-que-fende-a-lua
entrecortada-no-hirto
dura-haste-do-teu-corpo
é fissura rasgada
frincha-entreaberta-desati
n a d a
(úmida-n' água...)

pelo que roça a testa
no que se faz ereto
onde me perco
onde me abro
feito concha alterada
e a polpa
e o sumo
e o cuspe
transpassa.

é bom deslizar assim...

Posted By Absinto.

5 comentários:

Anônimo disse...

que delícia!

joseph 2 disse...

Boa Tarde. Olá.

Dado que "O BLOG DO JOSEPH" ficou bloqueado, não conseguindo trabalhar com ele, fiz um Blog novo, e, se ainda for do seu agrado,
solicito que ADIRA ao novo o qual tem o nome de "factosdasensualidade.blogspot.com" . Vou copiar o que estava no antigo e vou
metendo posts novos. (Se quiser levar o meu selo, tem que levar o selo novo, conforme instruções no Blog, dado ter a morada nova).

Até breve.
O meu Obrigado.

Joseph 2 (Miguel)

♥ Jackie ♥ disse...

Que local bem gostoso de ler, ficar, reler...

Francisco Nery disse...

Delírio

Nua, mas para o amor não cabe o pejo
Na minha a sua boca eu comprimia.
E, em frêmitos carnais, ela dizia:
– Mais abaixo, meu bem, quero o teu beijo!

Na inconsciência bruta do meu desejo
Fremente, a minha boca obedecia,
E os seus seios, tão rígidos mordia,
Fazendo-a arrepiar em doce arpejo.

Em suspiros de gozos infinitos
Disse-me ela, ainda quase em grito:
– Mais abaixo, meu bem! – num frenesi.

No seu ventre pousei a minha boca,
– Mais abaixo, meu bem! – disse ela, louca,
Moralistas, perdoai! Obedeci....

Olavo Bilac.

Marco Mangas disse...

Bela caracterização do acto!

Blog bem conseguido... Continuação...

Bons devaneios...

Marco Mangas